Itaberá - 20 de abril de 2019
Previsão do Tempo: Rain

min 13°

max 27°

7% 0,01mm

Vereador tem mandato cassado por falsificar assinatura de ex-prefeito morto em documento de IPTU

Vereador tem mandato cassado por falsificar assinatura de ex-prefeito morto em documento de IPTU
Destaques, nossa região, política

Olá! Esta notícia foi publicada a mais de 3 meses! O contéudo pode não refletir um cenário atualizado, estar defasado ou pode ter se tornado irrelevante. Boa leitura! :)


Por Ricardo Táxi - 26 de setembro de 2018 - 12:32

Vereador tem mandato cassado por falsificar assinatura de ex-prefeito morto em documento de IPTU
A votação foi realizada na ultima segunda-feira (24), em Taguaí (SP). Vereador Antônio Carlos Aparecido (PR) afirma que foi vítima de perseguição política. A Câmara de Vereadores de Taguaí (SP) cassou por 6 votos a 1, durante sessão realizada nesta segunda-feira (24), o mandato do vereador Antônio Carlos Aparecido (PR).

De acordo com uma denúncia feita pela prefeitura, o vereador cassado teria falsificado a assinatura do ex-prefeito da cidade, Luiz Gonzaga Lança (PT), em um documento para comprovar o pagamento de IPTU do imóvel da sua mãe.

Porém, segundo a denúncia, o IPTU não estaria pago há quatro anos e a assinatura seria falsificada, porque o ex-prefeito morreu em março do ano passado e tinha assinatura no carnê na parcela de outubro de 2017. Conforme o parecer da Comissão Processante que analisou a denúncia existem indícios de que o vereador teria falsificado o documento. A reportagem entrou em contato com o parlamentar, que alegou que havia solicitado uma perícia na assinatura e isso não foi feito. Também afirmou que a cassação foi fruto de perseguição política e que essa foi a décima tentativa de cassar o mandato dele. O presidente da Câmara, José João Pinheiro, PSDB, disse que sobre não ter tido perícia, isso cabe a Polícia Civil, já que a comissão analisou a falta de decoro parlamentar do ex-vereador. Ainda segundo ele, a denúncia foi encaminhada a delegacia Seccional de Avaré e ao Ministério Público. Fonte: G1/itapetininga

Comentar

Deixe seu comentário

Atenção!Não escreva comentários contendo apenas letras Maiúsculas.

Todos os comentário postados aqui são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
É reservado a nós apenas o direito de filtrá-los e moderá-los de acordo com nossos critérios.
Qualquer comentário com conteúdo discriminativo, com palavras ofensivas ou qualquer texto que seja julgado impróprio por nossos moderadores, serão automaticamente marcados como spam e não serão publicados.
A Ame Notícias incentiva a discussão de forma saudável e com respeito, se seu comentário não vier a ser aprovado e você discordar por algum motivo, sinta-se livre para entrar em contato conosco.

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield


últimos comentários

  • Não há comentários disponíveis

agenda

  • Não há eventos nos próximos dias.

newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas últimas notícias por email

conecte-se

Confira nossas atualizações nas redes sociais, e fique por dentro de tudo que acontece

twitter facebook