Itaberá - 18 de setembro de 2019
Previsão do Tempo: Rain

min 17°

max 31°

16% 0,01mm

Multa aplicada em casal que matou cães foi fixada em R$15 mil reais

O cão que ficou ferido morreu ontem (26), o agressor negou que tenha cometido às agressões e disse que apenas abandonou os cães longe da sua residência.
Destaques, diversos, Meio Ambiente, nossa região


Por Amenoticias - 27 de agosto de 2019 - 09:09

Multa aplicada em casal que matou cães foi fixada em R$15 mil reais

O cão que ficou ferido morreu ontem (26), o agressor negou que tenha cometido às agressões e disse que apenas abandonou os cães longe da sua residência.

O cão resgatado após ser agredido com marretadas morreu nesta segunda-feira (26), em Itapetininga (SP). O ataque a dois cachorros foi registrado no dia 17 de agosto. Um dos animais morreu no local, enquanto o outro foi socorrido com ferimentos graves.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o casal suspeito de agredir os animais foi multado em R$ 15 mil. O homem foi considerado o autor direto do crime e autuado em R$ 9 mil por maus-tratos com o agravante da morte do primeiro animal.

A polícia considera a mulher como autora indireta e ela foi multada em R$ 6 mil por maus-tratos. No entanto, o valor da multa deve aumentar porque o segundo cão morreu. Uma audiência vai definir os valores finais das multas e como devem ser pagas.

Na última quarta-feira (21), o homem que teria atacado os cães se apresentou à polícia, mas ele negou o crime e afirmou que apenas abandonou os animais na linha do trem.

Após ser ouvido, foi liberado e vai responder por crueldade contra os animais. Segundo a Polícia Civil, o inquérito do caso será encaminhado ao Fórum de Itapetininga.

Entenda o caso

O crime foi na tarde do dia 17 de agosto. De acordo com a Polícia Civil, moradores que passavam pela Avenida Waldomiro de Carvalho ouviram um dos cães agonizando jogado no meio do mato e entraram em contato com a polícia.

A partir da indicação dos vizinhos, a polícia foi até a casa dos suspeitos e encontrou a mulher, que afirmou ter pedido para o marido matar os cachorros a marretadas, pois eles estavam “dando trabalho” e atrapalhando.

Ela foi levada à delegacia para prestar esclarecimentos e, em seguida, foi liberada. Segundo a polícia, o marido dela, de 36 anos, autor do crime, tem várias passagens pela polícia e não havia sido encontrado após o crime, mas se apresentou na delegacia na quarta-feira (21).

O animal socorrido e ficou internado em uma clínica particular da cidade em estado gravíssimo. Ele sofreu um afundamento de crânio, perdeu um olho e ficou com o outro “pendurado” para fora. Além disso, o cão teve as quatro patas quebradas.

Fonte: G1/itapetininga

Comentar

Deixe seu comentário

Atenção!Não escreva comentários contendo apenas letras Maiúsculas.

Todos os comentário postados aqui são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
É reservado a nós apenas o direito de filtrá-los e moderá-los de acordo com nossos critérios.
Qualquer comentário com conteúdo discriminativo, com palavras ofensivas ou qualquer texto que seja julgado impróprio por nossos moderadores, serão automaticamente marcados como spam e não serão publicados.
A Ame Notícias incentiva a discussão de forma saudável e com respeito, se seu comentário não vier a ser aprovado e você discordar por algum motivo, sinta-se livre para entrar em contato conosco.

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield


últimos comentários

  • Não há comentários disponíveis

agenda

  • Não há eventos nos próximos dias.

newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas últimas notícias por email

conecte-se

Confira nossas atualizações nas redes sociais, e fique por dentro de tudo que acontece

twitter facebook