Itaberá - 17 de junho de 2018
Previsão do Tempo: Clear Day

min 10°

max 20°

7% 0mm

MP investiga suposto assédio moral cometido por secretário a servidores

Titular da Saúde de Itapetininga (SP) deverá prestar os esclarecimentos. Assessor e funcionários supostamente assediados também responderão.
nossa região, saúde

Olá! Esta notícia foi publicada a mais de 3 meses! O contéudo pode não refletir um cenário atualizado, estar defasado ou pode ter se tornado irrelevante. Boa leitura! :)


Por Ame Noticias - 10 de abril de 2015 - 19:01

MP investiga suposto assédio moral cometido por secretário a servidores
Secretário de Saúde de Itapetininga, Denilson Rodrigues da Silva (Foto: Reprodução/ TV TEM)

O promotor do Ministério Público (MP) em Itapetininga (SP), Dalmir Radicchi, abriu um inquérito civil para investigar um áudio de suposto assédio moral cometido pelo atual secretário de Saúde, Denilson Rodrigues Silva, junto de um de seus assessores a funcionários do departamento.

De acordo com a Promotoria, a notificação foi encaminhada via Correios para que o titular da Pasta preste esclarecimentos ao Ministério Público a partir de segunda-feira (13). Depois, os demais envolvidos também devem ser ouvidos. Por meio de nota, a Prefeitura de Itapetininga informou que o secretário vai responder aos questionamentos do promotor. A reportagem do G1 tentou contato com Silva nesta sexta-feira (10), mas ele não retornou às ligações.

Entenda o caso

A denúncia de assédio moral ganhou repercussão na cidade após a circulação de um áudio nas redes sociais. A gravação mostraria uma suposta ameaça a servidores públicos para que pressionassem a vereadora Selma Aparecida Freitas de Moraes (SDD) após a votação da Mesa Diretora do Legislativo em janeiro deste ano.

A vereadora citada foi quem denunciou o caso no MP. “Um áudio foi gravado após a eleição do presidente da Câmara e foi feito por uma pessoa que trabalha no funcionalismo público e que não tem qualquer ligação comigo. Essa pessoa foi ameaçada para que eu votasse com eles na Presidência. Eu votei na candidata Maria Lucia Haidar (PV), que é de oposição ao prefeito do PSDB. Após a votação é que ocorreu a retaliação”, alegou.

Na sessão de 2 de abril, o secretário foi questionado por vereadores sobre o caso, mas desconversou: “Quanto a esta afirmação, eu quero conversar sobre saúde”, disse na ocasião.

Vereadora Selma de Moraes (SDD) é citada durante áudio (Foto: Reprodução/ TV TEM)Vereadora Selma de Moraes (SDD) é citada em áudio sobre suposta retaliação (Foto: Reprodução/ TV TEM)
Fonte: G1

Comentar

Deixe seu comentário

Atenção!Não escreva comentários contendo apenas letras Maiúsculas.

Todos os comentário postados aqui são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
É reservado a nós apenas o direito de filtrá-los e moderá-los de acordo com nossos critérios.
Qualquer comentário com conteúdo discriminativo, com palavras ofensivas ou qualquer texto que seja julgado impróprio por nossos moderadores, serão automaticamente marcados como spam e não serão publicados.
A Ame Notícias incentiva a discussão de forma saudável e com respeito, se seu comentário não vier a ser aprovado e você discordar por algum motivo, sinta-se livre para entrar em contato conosco.

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield


agenda

  • Não há eventos nos próximos dias.

newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas últimas notícias por email

conecte-se

Confira nossas atualizações nas redes sociais, e fique por dentro de tudo que acontece

twitter facebook