Itaberá - 15 de outubro de 2018
Previsão do Tempo: Rain

min 14°

max 24°

84% 0,74mm

Horário de verão acaba à 0h do domingo, 21 de fevereiro

Em dez estados e no DF, relógios deverão ser atrasados em uma hora. Horário diferenciado começou no dia 18 de outubro.
Destaques, diversos

Olá! Esta notícia foi publicada a mais de 3 meses! O contéudo pode não refletir um cenário atualizado, estar defasado ou pode ter se tornado irrelevante. Boa leitura! :)


Por Ame Noticias - 16 de fevereiro de 2016 - 15:55

Horário de verão acaba à 0h do domingo, 21 de fevereiro

O horário de verão acaba no dia 21 de fevereiro de 2016. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de 10 estados, além do Distrito Federal, terão que atrasar os relógios em uma hora.

horario de verão 2016 acaba (Foto: Editoria de Arte/G1)

O Ministério de Minas e Energia informou no final de 2015 que a versão 2015/2016 do horário de verão seguiria as regras estipuladas no decreto 6.558, de 2008, revisado em 2013, que fixa a duração de quatro meses, entre o terceiro domingo de outubro de cada ano e o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte.

Pela legislação, o horário de verão vigora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, nos etados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Esta é a 40ª edição do horário de verão no país. A primeira vez ocorreu no verão de 1931/1932. O objetivo é estimular o uso racional e adequado da energia elétrica.

“A estimativa de ganhos com a adoção do horário de verão supera o patamar de R$ 4 bilhões por ano, que representa o valor do custo evitado em investimentos no sistema elétrico para atender a uma demanda adicional prevista, de aproximadamente 2.250 MW no parque gerador nacional, um valor certamente muito expressivo”, informou o Ministério de Minas e Energia em outubro de 2015.

Segundo o ministério, nos últimos dez anos, o horário diferenciado em parte do país durante o verão tem possibilitado uma redução média de 4,6% na demanda por energia no horário de pico.

Fonte: Do G1, Em São Paulo

Comentar

Deixe seu comentário

Atenção!Não escreva comentários contendo apenas letras Maiúsculas.

Todos os comentário postados aqui são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
É reservado a nós apenas o direito de filtrá-los e moderá-los de acordo com nossos critérios.
Qualquer comentário com conteúdo discriminativo, com palavras ofensivas ou qualquer texto que seja julgado impróprio por nossos moderadores, serão automaticamente marcados como spam e não serão publicados.
A Ame Notícias incentiva a discussão de forma saudável e com respeito, se seu comentário não vier a ser aprovado e você discordar por algum motivo, sinta-se livre para entrar em contato conosco.

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield


últimos comentários

  • Não há comentários disponíveis

agenda

  • Não há eventos nos próximos dias.

newsletter

Assine nossa newsletter e receba nossas últimas notícias por email

conecte-se

Confira nossas atualizações nas redes sociais, e fique por dentro de tudo que acontece

twitter facebook